sábado, 30 de abril de 2011

Céu de Abril em Guaraci-SP

As condições climáticas do mês de abril deste ano foram bastante adversas por conta do fenômeno natural La Niña, que é responsável pelo esfriamento das águas do Oceano Pacífico. O La Niña tem efeito oposto ao El Niño. Enquanto o primeiro esfria as águas do Pacífico, o segundo aquece. De acordo com o Inmet, a última ocorrência do La Niña foi entre os anos de 2007 e 2008 e há registros do seu aparecimento desde 1886. O fenômeno trouxe alterações importantes no clima de nossa região, como o aumento de dias chuvosos, acima de sua média histórica.


*Clique nas imagens para vê-las aumentadas.

Choveu em março mais de 250 milímetros e em abril mais de 110 mm, muito acima da média histórica, de 150 mm para março e 70 mm para abril. O forte acréscimo na precipitação pluviométrica (chuvas de março/abril) afetou a área da saúde pública com um aumento significativo na incidência de casos de dengue e conjuntivite. Na agricultura, atrasou a colheita de grãos. Em maio a atmosfera começa a ficar menos quente e menos úmida. Isto deve acontecer porque já começam a surgir as massas polares que trazem o frio. E como a sucessiva passagem desse ar polar, que é seco e frio, altera as características da atmosfera, a quantidade de chuvas na região tende naturalmente a diminuir.


Guaraci-SP, Imagens do céu de abril

Vistas da Rua Prof. Antônio Zuquim, no prolongamento conhecido como Rua do Ciro.







Sunset


 


Um comentário:

  1. Como é bom estar sob este céu guaraciense... Só se sabe disso quando está longe! Obrigada, Oscar!

    ResponderExcluir